Torre de controle logística: o que é e quais são seus benefícios?

A torre de controle logística é uma tendência tecnológica e de gestão que permite ampliar o controle sobre os processos e maximizar a performance do negócio. Essa ferramenta revolucionou a rotina de transportadoras, indústrias e operadores logísticos, pois traz mais eficiência, velocidade e economia operacional para toda a rotina da empresa.

Neste artigo você conhecerá o que é a torre de controle logística, como ela funciona na prática, quais são os seus pilares e os benefícios que essa tecnologia proporciona ao seu negócio. Boa leitura!

O que é a torre de controle logística e como funciona?

Também chamada de Control Tower, é a criação de uma central de integração, que une informações relevantes de todos os softwares da empresa em uma única visão, o que inclui o sistema de gestão empresarial (ERP), o sistema de transporte (TMS), o de armazém (WMS), o emissor de CTe, o aplicativo de entrega, entre outros.

O objetivo principal da torre de controle é aumentar o nível de eficiência da gestão de processos logísticos. Todos os colaboradores e administradores terão uma visão mais ampla e em tempo real do que acontece na empresa. Isso faz com que diversas atividades sejam aprimoradas, como:

  • controle de coletas e entregas;
  • o acompanhamento das etapas no fluxo logístico;
  • o planejamento de demandas — produtos que devem ser coletados e a quantidade;
  • a identificação e resolução ágil de eventuais problemas.

Quais são os pilares da torre de controle logística?

Para que esse instrumento cumpra suas funções adequadamente, é necessário que estejam presentes três pilares ou fundamentos: a tecnologia, as pessoas e os processos. Entenda-os abaixo.

Tecnologia

A torre de controle é um módulo estrutural de um moderno sistema de gestão empresarial. Os dados de todos os setores são unidos na mesma plataforma, sejam eles de front office (linha de frente) ou back office (ligados à administração e bastidores). Diversos departamentos são englobados numa mesma plataforma, como o de operações, o financeiro, a administração, a manutenção, a gestão de frota, o setor comercial, controle logístico, entre outros.

Todas as soluções implementadas devem conceder suporte a integrações e ao processamento de informações e fornecer uma visão mais ampla das operações.

Pessoas

De nada adiantaria ter informações amplas e completas sobre o negócio se não houver alguém capacitado para aproveitá-las. Por isso, o segundo pilar consiste nas pessoas que serão responsáveis por analisar os dados, indicadores de desempenho (KPIs) e relatórios obtidos, criar estratégias, tomar decisões e solucionar problemas.

É importante que o pessoal esteja disposto a adotar novas tecnologias, devendo a empresa ter uma cultura empresarial voltada para a inovação. Além disso, os colaboradores devem ser treinados para utilizar as visões de informações unificadas proporcionadas pela torre de controle logístico.

Processos

O pilar dos processos é o foco principal da torre de controle. Ele abrange a integração de atividades, como planejamento logístico, auditoria dos fretes, realização de cotações, monitoramento de indicadores-chave de desempenho (KPIs), acompanhamento do recebimento e das entregas, controle das manutenções, entre outras.

Para que esse pilar seja seguido, é relevante que os administradores alinhem as metas e automatizem o máximo de tarefas manuais.

Quais são os benefícios da torre de controle logística?

Implementar a torre de controle logística fornecerá muitas vantagens para qualquer transportadora. Entenda as principais delas.

Monitoramento em tempo real

Há diversos sistemas de gestão que já permitem o monitoramento de atividades. O TMS possibilita acompanhar a situação das coletas e entregas, informa as ocorrências, emite alertas de manutenção e vencimento de documentação automaticamente. Outro exemplo é o WMS, que informa de maneira precisa onde está cada mercadoria no armazém, bem como controle do vencimento das mesmas.

Entretanto, a torre de controle logística unifica os recursos das empresas em um sistema. Não será necessário acessar diferentes sistemas para que você consiga acompanhar as atividades realizadas no negócio.

Auxílio na tomada de decisão

A tomada de decisões costuma ser um processo burocrático nos negócios. Os administradores precisam levantar dados, levá-los para reuniões e explicá-los aos demais gestores para depois elaborar estratégias.

A torre de controle logística acelera todo esse processo. Ela entrega informações reais, concretas e objetivas a todos os líderes e gestores, possibilitando que as análises sejam feitas de forma mais ágil. Entre os recursos que ajudarão na tomada de decisões estão:

  • controle total dos ativos da frota em tempo real;
  • acompanhamento de métricas e indicadores de desempenho;
  • padronização dos relatórios gerenciais;
  • melhoria contínua do uso das ferramentas;
  • centralização do controle logístico;
  • envio e recebimento de notificações aos colaboradores;
  • controle de coletas e entregas;
  • controle de performance.

Redução de custos operacionais

A economia é conquistada com a otimização dos processos. Além dos gestores e colaboradores obterem informações mais rapidamente, a torre de controle permite que você entenda melhor o fluxo de trabalho e o configure para eliminar gargalos ou outros problemas.

É possível aproveitar melhor os veículos e evitar ociosidade, identificar perdas de recursos e tomar medidas para minimizá-las, elaborar trajetos mais vantajosos para coletar e entregar mercadorias, etc.

Qual o diferencial competitivo proporcionado por uma torre de controle logística?

O diferencial competitivo consiste na melhoria de performance da empresa perante outras do mercado. A transportadora, indústria ou operador logístico que adotar essa ferramenta conseguirá tomar ações preditivas, evitando perdas e corretivas para melhorar os processos, aumentar sua performance e buscar resultados cada vez melhores.

Por exemplo, se o veículo parar durante uma viagem, você poderá entrar em contato com o motorista, resolver a questão e enviar as informações aos clientes sobre eventual atraso. Você saberá exatamente o motivo pelo qual ocorreu o problema (seja por falta de manutenção no veículo, problema na estrada ou outros motivos) e assim poderá trabalhar para evitar que ele se repita no futuro.

Nesse mesmo exemplo, a transportadora conseguirá aumentar a produtividade, eliminar atrasos e gastos com estadia. Ela poderá fazer entregas mais ágeis e com preços menores e reduzir a probabilidade de avarias simultaneamente. Tudo isso aumenta a satisfação dos clientes e a taxa de fidelidade, o que também melhora a imagem da empresa frente aos concorrentes.

A torre de controle logística é um conceito que otimiza a rotina operacional, qualifica e profissionaliza a gestão e traz muitos benefícios para o negócio. Mas é importante que os gestores da transportadora saibam como funciona essa ferramenta para garantir uma implementação correta.

Interessou-se pela torre de controle logística e quer maximizar o controle sobre a logística do seu negócio? Conheça a Plataforma Entreguei e saiba como ela poderá ajudá-lo a alcançar esse objetivo!

Avalie este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *